Procedimento cardíaco inovador é realizado no Hospital da Brigada Militar

Um procedimento inédito foi realizado no Hospital da Brigada Militar Porto Alegre (HBMPA). O primeiro implante de ressincronizador cardíaco, por meio de cateterização do seio coronariano, foi possível graças à equipe de cirurgiões cardíacos e eletrofisiologia que atuam no HBMPA. O grupo responsável pelo procedimento foi composto por dois cirurgiões cardíacos, um cardiologista eletrofisiologista, um cardiologista clínico e um anestesista.

A técnica de cateterização do seio coronariano consiste em acessar o principal sistema venoso cardíaco para posicionar o eletrodo de choque na parede livre do ventrículo esquerdo. Para o ótimo funcionamento do ressincronizador, é necessário implantar três eletrodos, sendo que um deles permite a desfibrilação cardíaca. Para tanto, durante a colocação do marca-passo, é abordada a veia subclávia esquerda e com auxílio de aparelhos de RX chega-se até o coração do paciente. Essa técnica evita a abertura cirúrgica do tórax, minimizando complicações e tempo de internação hospitalar.

De acordo com o chefe do Serviço de Cardiologia do HBM, capitão Rafael Boer Nascente, os investimentos recentes, em especial a aquisição dos dois aparelhos intensificadores de imagem, permitem, tecnologicamente, a execução de procedimentos médicos mais complexos. Outro fator determinante para a realização do procedimento foi a chegada de equipe médica cardíaca altamente especializada. “A chegada dos novos profissionais foi possível por meio de conjunto de fatores que engloba abertura do hospital para atendimento ao segurado do IPE, investimento em infraestrutura, aquisição de equipamentos médicos de última geração – investimentos recentes feitos pelo comando da BM – e incentivo da direção do HBMPA em desenvolver uma cardiologia de ponta e inovadora”, destacou.

O Sistema de Saúde, um dos eixos prioritários da gestão, tem apresentado melhorias significativas para os policiais militares e demais usuários. A boa prática médica passa por atividade profissional qualificada e novas tecnologias. Recentemente, o hospital passou por transformações que permitem atendimento em diversas áreas, o que determina aumento nos índices de tratamento e cura.

Segundo o comandante-geral da Brigada Militar (BM), coronel Andreis Silvio Dal`Lago, dessa forma será possível proporcionar à família brigadiana a mesma medicina de ponta existente em instituições de renome no estado e no país. ”Isso eleva o patamar de complexidade de atendimento da nossa instituição”, afirmou.

O próximo passo terapêutico será a cirurgia cardíaca robótica.

 

Fonte Revista NEWS e ASCOM BM




Vídeos

A Segurança Pública é uma das prioridades do Candidato ao Governo do Estado do RS, Eduardo Leite (PSDB). A manifestação foi garantida durante o encontro na associação dos Oficiais da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros.


Veja mais notícias [+]