GRAVE PROBLEMA DA SAÚDE MENTAL

Presidente da FUNPERACCHI reuniu-se com Presidente da ASOFBM, Cel Marcos Paulo Beck, para apresentar novas alternativas de prevenção ao suicídio.

Nesta semana, recebemos na sede Associação dos Oficiais da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, o Presidente da Fundação Walter Peracchi de Barcellos, Dr Roberto Alexandre, acompanhado do Dr Jorge Kralik. O Sr Jorge Kralik, especialista em Terapia Holística.

A terapia holística, muitos de nós, algo desconhecido, mas que conforme vários depoimentos, dados e testemunho do emprego dessa Técnica, não só através de Jorge Kralik, mas por especialistas em todo o planeta, atestando a eficiência e eficácia da mesma.

Advogado membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB e da Comissão de Segurança Pública, Dr Roberto Alexandre, Presidente da Funperacchi, preocupado pela saúde física e mental dos Militares Estaduais, até por que essa é um tema trabalhado pela Fundação, que por exemplo tem Projetos apresentados tanto ao Governo Federal, como ao Estadual, visando combater

os altos índices de suicídio que vitima Policiais Militares, de tal forma que o Dr Roberto, propõem a adoção pela Funperacchi de mais práticas na busca de uma efetiva saúde mental.

Mesmo por vezes sem o menor apoio da Corporação mais vitimada pelo suicídio no RS, a Funperacchi busca apoio e parcerias para tratar dos graves problemas que nos assolam, muito em especial na saúde mental.

Foi a Funperacchi, com o apoio da Associação de Oficiais do RS, criou a primeira CARTILHA de orientação para o combate ao suícidio.

Num linguajar simples, de fácil entendimento, orienta os Militares Estaduais a identificarem problema nos colegas e companheiros e mesmo na população, com orientações para atacar a esse grave mal, do qual tantos são vitimados e tantos outros estão enfermos e com graves problemas, com reflexos em seus familiares, em seus colegas de trabalho e na própria sociedade que espera que

aqueles Anjos do Sacrifício que zelam por suas vidas, estejam em boa saúde física e mental.

A Funperacchi não conseguindo apoio dos profissionais da área de saúde da Corporação, buscou uma parceria com uma Empresa da região Metropolitana, O ESPAÇO TERAPÊUTICO ACOLHER, Av. Padre Claret, 196/sala 204, Centro de Esteio.

E essa Empresa sensibilizada pelo gravíssimo problema prontamente, de maneira gratuita, levou seu Corpo de Profissionais a empreender uma semana de palestras sobre prevenção ao Suicídio, em setembro de 2021. As palestras foram realizadas no Auditório do QCG, gentilmente cedido pelo então Cmt

Geral da Brigada, mas não houve nem um dia da semana, que o auditório tenha sido ocupado por Militares da Ativa, das OPM de Porto Alegre. Mas lá compareceram civis, entidades Associativas da da BM como a AOFERGS, também o IBCM se fez presente em todas as palestras.

Mas seguimos o adágio antigo que reza: “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura!”!

Também nessa ocasião a Funperacchi apresentou uma peça teatral, peça essa realizada voluntariamente pelos artistas que doaram seus tempos e suas técnicas teatrais, pelo bem comum da saúde mental dos Brigadianos.

A saúde mental é sim um problema da Brigada, da sua área técnica de saúde, mas é muito mais do que isso, de tal sorte que essa chaga que não nos traz orgulho, mas traz dor, não fique adstrita apenas aos profissionais da área e não trate dados comuns como um segredo de Estado, a eles negando acesso, já que esse é um combate comum e esse combate só se torna UM BOM COMBATE, se todos os envolvidos, exatamente os mais próximos compartilharem dados para o bem comum.

Lamentavelmente, o suicídio, que é um mal, mas esse não se exaure nele mesmo, pois infelizmente a vítima do mal se materializou com o ato em si; mas, e as terríveis consequências que deixa nos familiares? Pais, parentes, amigos, cônjuges e especialmente os filhos que terão que carregar aquela dor através

de toda uma vida!!!

Na dita semana de setembro de 2021, conhecido nacionalmente como mês do combate ao suicídio e simbolizado pela cor amarela, além das palestras de Psicólogos e especialistas, realizadas pela Funeracchi, o Dr Roberto Alexandre, falou das consequências Jurídicas do suicídio aos familiares desses.

Agora o Dr Roberto na Presidência da Fundação, vivenciando os problemas de saúde mental dos Militares Estaduais, busca criar formas e maneiras diversas de auxiliar aos necessitados, aqueles que são potencialmente alvos desse mal e concomitantemente ajudar os familiares desses a ajudar seus parceiros/as,

no combate do mesmo. Dessa forma, Presidente da Funperacchi fez contato com o Sr Jorge Kralik, Especialista Holístico.

Acima, neste texto, falo que Profissionais não podem ter ciúmes e dificultar que outros Profissionais de outras áreas, mas vinculados a Saúde mental, também possam agir. Muitos diplomados em Psicologia, podem ter o Diploma e não ter Psicologia e outros que não possuam tal canudo que ateste a sua formação,

mesmo não tendo Diploma, tem em suas mentes que não mentem, Psicologia e esse é o caso de Jorge Kralik.

Dessa forma, incentivo ao Dr Roberto Alexandre, Presidente da Fundação Cel Walter Peracchi Barcellos, a fazer um planejamento e apresentá-lo aos Comandantes da Brigada e dos Bombeiros, bem como ao Secretário da SSP e ainda a Secretaria de Saúde do estado, bem com a AMRIGS e outras, para que de todas formas possíveis possamos dar respostas aos nossos Militares

Estaduais e a Sociedade Gaúcha, visando minimizar ao máximo dramas como depressão, alcoolismo, drogadição e a forte tendência ao suicídio, sendo que o tratamento holístico é uma das ferramentas e diga-se de passagem, bastante eficiente no combate aos males mentais.

Com a ASOFBM, a Fundação pode contar e sugiro que as demais entidades Associativas de Classe da Brigada, apoiem a Fundação que é de todos nós, na linha de frente desse combate.

Cel Marcos Paulo Beck

Presidente da AsofBM

Segue link do vídeo com intuito de explicar sucintamente o fundamento do trabalho :

https://youtu.be/NLHbhhEZeMs Quanto a questão do “será que funciona?” Segue link da página com os comentários dos clientes sobre o trabalho realizado: https://g.page/jorgeagkralik?